le likes

Chromaroma: gamification do transporte público

Fonte: Guardia.co.uk | Fotografia: Andrew Winning/Reuters

Imagine suas rotas pela cidade utilizando ônibus, trêm ou metrô virem um jogo virtual em que quanto mais você utiliza o transporte público, mais você ganha.

Esta é a ideia do Chromaroma, um jogo multiplayer online que acontece enquanto você viaja pela cidade de Londres utilizando o Oyster Card (como um Bilhete Único deles). Assim, é possível rastrear seus trajetos no metrô e a cada jornada você acumula pontos a caminho da “posse” de Londres.

Desenvolvido pelo Estúdio Mudlark por 12 meses, a idéia foi transformar o “pesadelo londrino” em algo divertido. Começou quando Toby Barnes, diretor administrativo da Mudlark, percebeu que há uma “sombras de dados”, uma impressão digital que todos nós deixamos para trás. Com o cartão Oyster, é deixado um registro de cada viagem feita pelo metrô de Londres, mostrando o dia e o horário.

Misture a paixão por história, geografia e por contar histórias, inspirado nos gráficos do Last.fm (feitos através das músicas que os usuários escutam) e você terá um jogo social web que permite e encoraja a explorar a cidade. Você não precisa ter um smartphone nem estar conectado na Internet. Você pode utilizar o metrô, ônibus e até mesmo bikes de aluguel. E uma vez que você começa a utilizar seu cartão Oyster, o site começa a mapear seus trajetos por Londres.

Barnes diz que a equipe chegou a cogitar a ideia de fazer o game como um aplicativo para iPhone, mas disse que isso seria “ser basicamente um Foursquare”. O desafio, segundo ele, foi fazer as coisas da maneira difícil, criar um algo que não tenha a necessidade de ter um smartphone para isso.

Chromaroma é um experimento que combina interesses em visualização, contar histórias e psicogeografia – o impacto da localização e do ambiente em emoções. É como “roteirizar” a vida real através de pequenos jogos com o mapa da cidade de Londres como cenário. O charme está em explorar novos pontos da cidade e criar competitividade como: você consegue ir da estação Victoria até a King’s Cross mais rápido que seus amigos?

O game é totalmente dependente do Transporte Público de Londres. Então, não seria um risco? Segundo Toby Barnes é um enorme desafio trabalhar com uma organização baseada na era Victoriana, que é enraizado pelo transporte por linhas férreas. Por exemplo, a logística para extrair os dados do TPL leva 48 horas para o Chromaroma atualizar; uma espécie de defasagem para os jogos online, péssimo em relação ao imediatismo da maioria das ferramentas on-line. Mesmo assim, não é algo que Barnes esteja preocupado no momento, preferindo deixar tudo seguir no próprio ritmo, já que não é fácil exigir uma perfórmance além do esperado dessa parceria.

O Chromaroma tem grandes ambições. Publicitários estão falando sobre anúncios que colaborem com o jogo e, com as Olimpíadas em Londres que vem aí, terão milhões de visitantes a mais para visitar a cidade e explorar o transporte público. Além disso, uma das maiores visões do jogo é torná-lo internacional, com cidades competindo entre elas – Tokyo vs Paris, Londres vs Moscow.

Este seria mais um exemplo da gamificação de tudo? Na verdade você poderia culpar Barnes por algo do tipo. Foi Barnes e seus amigos que, há dois anos atrás, disseram sobre a ideia de gamificação, seus valores e virtudes no Playful, evento sobre games. As ideias? “Adicione uns ‘prefeitos’ pra isso!”, “Dê uns pontos naquilo!”. Daí deu no que deu.

Toby Barnes acredita que a gamificação é importante, mas deve ser feita por Game Designers e não é somente sobre pontos e ‘badges’. “Precisa ser jogável, sobre explorar coisas, um senso de arquivamento e construção de coisas. Existem emoções que você só consegue obter através dos games interaticos”.

Fonte: Guardian.co.uk: articles by Jemima Kiss 1 and 2
Leia mais sobre Gamification/Gamificação

Anúncios

Um pensamento sobre “Chromaroma: gamification do transporte público

  1. Pingback: A Ética da Gamificação (Gamification): Pequenas Recompensas para Tudo | Ética e Realidade Atual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s