le likes

Takashi Murakami em Versailles

Takashi Murakami, um dos maiores artistas pop da atualidade, terá uma exposição com suas obras no ilustríssimo Museu de Versailles. É incrível o contraste entre a arquitetura clássica e as esculturas super coloridas do universo j-pop do artista. A exposição consiste em 22 peças, com 11 delas feitas especialmente para esta exibição e mais 7 esculturass, 1 vídeo, 1 pintura, 1 carpete e uma coleção de lâmpadas. Vai de 13 de setembro a 12 de dezembro de 2010 na Château de Versailles, França.

Murakami diz: “Versailles é uma ocasião excepcional, em que Château de Versailles reconecta com os artistas de sua época por meio de uma caminhada que lhes permitem (re) descobrir os espaços conhecidos e desconhecidos pela massa. Se há um lugar onde os riscos devem ser tomados para criar uma verdadeira expressão de nossa era _e não uma imitação, que é muitas vezes o mais fácil de fazer_ é Versailles. A criação artística contemporânea permite uma outra percepção da vida. Não é um modelo fixo de uma época única, é difícil de definir, mas é o fruto de uma fusão complexa de expressões e intervenções. A criação artística contribui um pouco para quebrar os clichês em torno deste local que se materializa no uso dos espaços, por vezes convencionais e estreitos. Ao revelar sua complexidade, seu conteúdo e as diferentes camadas que foram enterrados sob a mesmice, é uma questão de oferecer novos pontos de vista de um lugar que todo mundo acredita já conhecer.

E completa: “Para o japonês, eu incluído, o Château de Versailles é um dos grandes símbolos da história ocidental. É emblemático de uma elegância, sofisticação e ambição artística que a maioria de nós só pode sonhar. Compreendemos, evidentemente, que o fusível que acendeu o fogo da revolução foi liderada direitamente do centro do edifício. Mas em muitas maneiras, tudo isso vem transversalmente como um conto fantástico de um reino muito, muito distante. Assim como o povo da França pode achar que é difícil recriar em suas mentes uma imagem precisa da idade do Samurai, também há a história do palácio se aquele que é, para nós, diluído da realidade.

Assim, é provável que o Versailles de minha imaginação é o que minha mente tem exagerado e transformado até que se tornou uma espécie de mundo surreal. É isso que eu tentei capturar nesta exposição. Eu sou o Gato de Cheshire, que cumprimenta Alice no País das Maravilhas, com seu sorriso diabólico e tagarela enquanto ela vagueia em torno do Château. Com meu sorriso brincalhão, eu convido a todos para o país das maravilhas de Versalhes“.

Para saber mais, clique aqui.

bloglovin

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s