le likes

Rubens e seu ateliê de gravuras

Neste feriado eu e meu namorado fomos na exposição “Rubens e seu ateliê de gravuras”, na Galeria Vitrine da Paulista (dentro do Conjunto Nacional).

São gravuras do mestre Peter Paul Rubens (1577-1640) e de seus aprendizes, produzidas em seu ateliê.

Gente, sério: é de chorar os detalhes de cada gravura, conseguindo volumes, texturas e luz e sombra apenas dosando a quantidade de “risquinhos” simples ou sobrepostos. A preciosidade dos detalhes faz com que a gente tenha que ficar, pelo menos, 3 minutos por quadro (e vendo BEEEM de pertinho) pra tentar absorver uma fração de toda a obra.

Aliás, uma curiosidade: o Rubens foi o primeiro artista da época a trabalhar com o conceito de direito autoral. E as gravuras tinham preços fixos, ainda dependendo se era uma gravura dele ou de algum dos seus aprendizes (que só era entregue ao cliente após rigorosa supervisão de Rubens). Por tanto, mais do que um artista, Rubens era um homem temido por seu poder de negócios.

Vale MUITO à pena conferir a exposição. E o melhor? É de GRAÇA. Dá pra ir e voltar, ver mais de uma vez, entrar e sair.

Tome nota:

Exposição: Rubens e seu Ateliê de Gravura
Quando: até dia 25 de julho de 2010
Onde: Caixa Cultural São Paulo (Galeria Vitrine da Paulista – Conj. Nacional)
Endereço: Av. Paulista, 2083, São Paulo (SP)
Horário: terça-feira a sábado, das 9h às 21h; domingos e feriados, das 10h às 21h

bloglovin

Anúncios

Um pensamento sobre “Rubens e seu ateliê de gravuras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s